Rastreabilidade garante confiabilidade na agricultura de precisão

31/10/2018
Sem categoria
Nenhum comentário

Tão importante quanto contar com tecnologias avançadas, é preciso se certificar de que os processos realmente sejam utilizados nos locais que foram definidos para a análise

 

Na agricultura de precisão, tão importante quanto contar com tecnologias avançadas para o mapeamento detalhado do campo, é preciso se certificar de que os processos realmente sejam utilizados nos locais que foram definidos para a análise. Mas como garantir isso? Por meio de ferramentas de rastreabilidade. Com elas é possível registrar e monitorar as etapas de mapeamento e coleta de amostras do solo.

 

Com o apoio de um mapa digitalizado, o qual o técnico acessa pelo celular, é realizada a coleta de amostras no solo em pontos previamente determinados por meio de um software específico. A coleta só é ‘liberada’ se o consultor de fato se locomover até um desses pontos, que são indicados por GPS.

 

Finalizado o trabalho, o consultor tira uma foto do ponto em que realizou o serviço e a coleta feita nesse ponto. Esses dados são enviados para armazenamento no software que, futuramente, pode ser acessado para verificar o material referente àquela coleta, como o dia, horário, quanto o tempo levou o serviço e até mesmo a rota feita pelo técnico até o ponto de coleta.

 

“Tudo isso nos dá a certeza de que a coleta foi, de fato, realizada conforme o estabelecido, evitando riscos de fornecer ao produtor uma análise que não corresponde à área que precisa ser avaliada. Essa total confiabilidade proporcionada nos resultados das análises ajuda o produtor a tomar decisões com mais segurança, reduzindo perdas e custos”, afirma Márcio Taveira, especialista de Engenharia da SGS Unigeo.

 

 



Nenhum comentário realizado!

Deixe seu comentário

Voltar