Produtividade da soja elevada – MT

Mapeamento da SGS Unigeo eleva produtividade da soja em propriedade no Mato Grosso

 

Reconhecido produtor rural no município de Canarana, no Nordeste do Mato Grosso, Márcio Fabiano Cecatto conseguiu aumentar em 33% a média de produtividade na soja, este ano, em um talhão de sua propriedade.

O ganho foi obtido após realizar manejo de adubação indicado pela consultoria da SGS Unigeo, após mapeamento de fertilidade do solo em área de 25 hectares – saltou de 45 sc/ha para 60 sc/ha. A variedade de soja utilizada na lavoura foi a bônus.

Esse pedaço do talhão adubado derrubava, anualmente, a média de produtividade da fazenda. Agora, para a próxima safra, a expectativa é de que Cecatto realize o manejo em toda a área mapeada pela SGS Unigeo em fertilidade do solo (130 hectares).

A consultoria também fez o mapeamento de nematoides, em janeiro (400 hectares), mas o resultado só poderá ser medido na próxima safra.

O produtor planta, atualmente, 2 mil hectares de soja e 300 hectares de milho safrinha em Canarana.

Voltar